Temp

Berçários

Alimentação nos berçários 

Os berçários da Prefeitura de Barueri são a modalidade de ensino voltada aos cuidados dos bebês menores de 1 ano. Eles estão inseridos nas escolas maternais e contam com uma equipe especializada para os cuidados básicos dos bebês, além de terem como função estimular seu desenvolvimento, a partir da realização de atividades educativas apropriadas para cada fase.

As crianças permanecem no berçário por período integral. Entre as atividades e os períodos de sono são ofertadas até 6 refeições diárias, distintas, de acordo com a idade da criança, com o objetivo de suprir as necessidades nutricionais de cada uma delas.

Sabe-se que a alimentação saudável é crucial durante toda a vida e principalmente, nos dois primeiros anos de vida da criança para o pleno crescimento e para a sua saúde, atual e futura. A variedade e a forma com que os alimentos são oferecidos influenciam a formação do paladar e a relação com a alimentação. A criança que come alimentos saudáveis e adequados tem maiores chances de se tornar uma pessoa adulta consciente e autônoma para fazer boas escolhas.

Os cardápios dos berçários são elaborados pela equipe de Nutrição da Coordenadoria Técnica de Abastecimento e estão de acordo com as diretrizes do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e com as recomendações do Guia Alimentar para Crianças Menores de 2 anos e do Manual de Alimentação da Sociedade Brasileira de Pediatria.

A alimentação é preparada no lactário por merendeiras capacitadas, e os cardápios são variados e compostos principalmente por alimentos in natura como frutas, verduras e legumes, e minimamente processados como arroz, feijões e carnes. As refeições lácteas são compostas pelo leite materno, quando a mãe o disponibiliza na escola, ou por fórmulas infantis.

 Para visualizar os cardápios dos berçários, clique aqui .

A escola e o aleitamento materno

O leite materno é o alimento ideal para a criança, pois é totalmente adaptado às suas necessidades nos primeiros anos de vida. A amamentação promove saúde e afeto para a mãe e a criança, e é um direito de ambos, mas o exercício desse direito depende da participação de todos: do pai da criança, do companheiro (a), da família, de empregadores, dos colegas de trabalho, da creche e do Estado.

As escolas maternais da Prefeitura de Barueri apoiam esse direito. As mães que amamentam e que desejam que o aleitamento materno seja continuado durante o momento em que seu filho está na escola, devem ordenhar e levar seu próprio leite diariamente até a unidade escolar. Os profissionais da escola estão aptos a receber e ofertar corretamente esse leite à criança. Vale ressaltar que a mãe pode oferecer o leite materno na escola independente da idade do bebê, ou seja, crianças da maternal podem continuar com esse benefício.

Para as mães que estão impossibilitadas de amamentar, a escola dispõe de fórmulas infantis específicas para cada fase da criança.

Para saber mais informações sobre como ordenhar o leite materno e como transportá-lo até a escola, clique aqui .